Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Visão Política

Porque a política têm que ser feita de verdades!

Visão Política

Porque a política têm que ser feita de verdades!

15.Mai.20

Surfar na onda de Centeno | Opinião

Screenshot_20200514-225333_Instagram.jpg“Um surdo não ouve porque não pode, os restantes só acreditam na mentira se forem ignorantes."

José Pedro P. Silva

 

Aproveito para reafirmar as citações de Rui Rio em relação a Mário Centeno, mas não entendo este espanto todo do Bloco de esquerda, afinal estavam lá na aprovação do orçamento do estado.

Rui Rio

Para os críticos aconselho a dar uma olhadela nesse mesmo orçamento onde referia a tão polémica transferência para o Novo Banco dos 850 milhões de euros, estava previsto e não era da semana passada, mas desde 2019. Mário Centeno esteve mal, muito mal ou agora temos ministros com mais poder do que o próprio primeiro-ministro? Algo é percetível aos olhos dos que querem ver, ambos andam descoordenados. Não faz sentido ter governantes assim e nestas condições, se António Costa não controla os seus ministros como é que irá governar Portugal?

O populismo invadiu os discursos de António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa. Afinal o presidente da Républica têm que escolher um percurso que lhe dê visibilidade, as eleições são já em Janeiro e tirar proveito político da situação de Centeno para ganhar votos à esquerda é uma estratégia, talvez não seja a melhor Sr. Presidente, os portugueses estão atentos…

Penso que os portugueses que estão em casa questionam-se sobre o seu discurso, com que então num dia crítica o ministro das finanças e quando o jogo se reverte liga-lhe para pedir desculpa, em que é que ficamos?

Hoje assistimos a uma das maiores vergonhas institucionais. Ministros que não são leais não só à sua missão como ao povo português, nos tempos que correm, merecem a confiança do Primeiro-ministro a pedidos de desculpa de Marcelo. Infelizmente, hoje a democracia escreveu mais uma página negra na sua história…

(Pedro Silva)

 

AJUDE NA LIBERDADE DE IMPRENSA

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.